• Admin

Sobra publicidade na odontologia mas falta marketing



Na odontologia sobram atos isolados de publicidade e propaganda odontológica e faltam atividade de marketing odontológico.


Infelizmente as universidade deixam uma lacuna na formação dos profissionais de odontologia que não são preparados para investir em marketing dos seus serviços.


Essa lacuna tem sido preenchida cada vez mais por pseudo agências de marketing para dentistas e até mesmo por cirurgiões-dentistas que tendo conseguido algum sucesso profissional tornam-se "professores de marketing odontológico", geralmente contribuindo cada vez mais para o desentendimento dos cirurgiões-dentistas a respeito do real papel do marketing na odontologia.


O resultado é que boa parte dos profissionais acaba tendo uma grande frustração com os seus esforços de marketing (publicidade), levando-os a desistirem prematuramente de investir no marketing dos seus consultórios e clínicas, por acreditarem que "isso não funciona".


Acontece que o marketing dental deveria ser, por definição, uma sequência de atividades organizadas e estruturadas para atrair, converter, satisfazer, encantar e fidelizar pacientes de forma a gerar lucro para o dono do consultório / clínica.


Para que essa premissa aconteça é preciso ir muito além de colocar alguns anúncios aqui e ali nas principais mídias do momento.

É por isso que sempre repetimos que marketing digital para dentistas não faz sentido nenhum.


Na verdade, o marketing nunca tem o foco no canal (redes sociais, Google, jornal, etc.). O foco do marketing, como vimos acima é na atração, captação, satisfação e retenção de pacientes de forma lucrativa.


Ora, fica claro que esses objetivos não podem ser cumpridos se a única atuação que a clínica faz é na camada de promoção e na grande maioria das vezes usando apenas um canal (o online).


Para que o marketing odontológico traga algum retorno de valor para sua clínica ou consultório é necessário, no mínimo, montar um plano de ações que responda de forma efetiva as seguintes questões:


  • Quem é meu paciente alvo? Não podem ser todo mundo.

  • Onde eles se encontram? E é aqui que muita gente joga rios de dinheiro fora acreditando que todo mundo esta na internet.

  • Como eu vou convence-lo a escolher minha clínica e não a concorrência? Essa é a chama USP - Unique Sales Preposition. Se voce não um único argumento forte que o diferencie da concorrência nem uma montanha de dinheiro colocada em propaganda vai atrair os bons pacientes.


Concluindo


Esse breve artigo é apenas para lembrar a você cirurgião-dentista de que marketing odontológico não é promoção pura e simples da sua clínica, seja no canal que for (on ou offline).


Marketing tem muito mais a ver com dar respostas melhores para os problemas de um grupo potencial de pacientes do que a concorrência. É isto.


Se você quer fazer marketing odontológico de verdade, entre em contato e converse com um consultor de dentistas especializado.


Senior Marketing

(11) 3254-7451

atendimento@seniormarketing.com.br