• Admin

Franquia de odontologia vale a pena?

Franquia de Odontologia - Vale a pena?

Então você está pensando em abrir uma franquia de odontologia? Que legal, pode mesmo ser uma opção.


Somente leve alguns pontos em consideração:


01 - O franqueador ganha no faturamento bruto e o franqueado sobre o lucro (se houver)


Veja, não é incomum nas propostas e sites de franquias de odontologia afirmações dos franqueadores de que suas unidades faturam de 200 mil até 1 milhão de reais por mês.


Ainda que isso seja verdade, o que você ganha com isso? De fato, nada, mas o franqueador ganha muito, já que eles vão te cobrar uma taxa mensal chamada de royalties sobre o seu faturamento bruto.


Então, acredite, o foco da franquia será que você faça vendas. Qualquer venda. Pergunte-se, que interesse o franqueador tem em selecionar pacientes (segmentação de mercado), de focar em qualidade quando o seu ganho vem de um faturamento bruto?


Já você como franqueado, vai trabalhar no dia a dia do negócio, administrando funcionários, fazendo a operação da unidade, E SE, houver lucro líquido, ou seja, a última linha do seu demonstrativo de resultados mensais demonstrar lucro, você terá algum ganho.


Mas não se anime ainda, pois o lucro inicial tem que retornar para pagar o investimento que você fez na franquia, seja no pagamento da taxa de franquia (de R$ 10.000,00 a R$ 200.000,00 dependendo da região e da franquia).


Geralmente franquias de odontologia levam de 18 a 36 meses para ter um retorno do capital investido. Então, faça seus cálculos.


02 - Franquia entrega muita coisa. Mas a qual preço?


Fizemos uma pesquisa na cidade de Ribeirão Preto há cerca de 3 anos com 1.200 passantes nas principais rua da cidade expondo o nome das 3 principais marcas de franquias de odontologia do país.


O resultado? Nenhuma das três marcas teve uma taxa de reconhecimento de marca superior a 15%. Ou seja, resultados medíocres.


Um dos benefícios vendidos por uma franquia de odontologia é o fato de ter uma marca forte e reconhecida no mercado. Provavelmente elas são mais conhecidas dos dentistas do que da grande população.


Perceba, franquias que tem marcas fortes são aquelas associadas a alimentação e bens de consumo como uma MC Donalds ou Burger King. Essas tem renome suficiente para justificar as suas taxas de franqueamento. As das franquias de odontologia, na prática, agregam pouquíssimo em termos de marca para os resultados de vendas.


03 - Não espere grandes lucros com uma única unidade de franquia odontológica


Novamente, o modelo de franquias é voltado para o ganho com a abertura de várias unidades franqueadas.


Tanto isso é verdade que grandes redes de franquias consolidadas no mundo inteiro como Subway e Mc Dnodalds não permitem a entrada de novos franqueados interessados em abrir uma única unidade. Eles precisam assinar contratos se comprometendo a abrir 3 ou até mais unidades.


A lucratividade média de uma unidade franqueada é de 20% a 25%. Não está mal, mas é possível e a nossa consultoria de gestão e marketing para dentistas já assessorou clínicas com lucratividade muito mais alta.


04 - Franquia de odontologia não é para empreendedor


Veja, existe uma grande diferença entre empreendedor e empresário.


O criador da franquia é o verdadeiro empreendedor do negócio. Ele é que teve a ideia, montou um protótipo, desenvolveu um modelo de negócios, tomou riscos, testou e patenteou.


A pessoa que compra uma franquia não é um empreendedor. É no máximo uma empresário. Alguém que vai executar a ideia de outros. Nada errado. Apenas não confunda as propostas para não sair frustrado.


Se você é uma pessoa criativa, autônoma, irriquieta pela própria natureza, franquia não era para você!


Você não poderá mudar padrões, não poderá definir quais os serviços quer focar, nem o nível de qualidade que deseja adotar. Claro que os franqueadores no momento da venda vão falar que você pode tudo. Não pode. Leia o contrato. Padrões rígidos e processos que devem ser seguidos são a alma do modelo de franquias.


05 - Franquias de odontologia tem estratégias de vendas "exclusivas" - Conversa fiada


Sabe aquela história que você ouve no stand daquela grande franqueadora com mais de 300 unidades no Brasil sobre estratégias de captação de pacientes que eles não podem te revelar até você comprar a franquia?


É pois é, quando você compra, recebe um "manual de marketing" com as seguintes "estratégias matadoras de marketing odontológico":


  • Telemarketing

  • Street

  • Panfletagem

  • Carro de som

  • Google

  • Facebook

  • Instagram

  • SEO

  • Visitas a escolas

  • Parcerias com empresas

  • Campanha do dia da ortodontia

  • Campanha do dia do implante

  • Campanha do dia dos namorados

  • Beauty Day

  • Dia da saúde (com exames de sangue na porta da clínica);

  • Blitz da saúde com carros de som e meninas bonitinhas aliciando pacientes

  • E até palhaços na porta da clínica com pipoca para a criança (Juro)

  • Etc


Por esse marketing odontológico exclusivo das franquias de odontologia você paga de 4% a 6% do seu faturamento bruto. FOREVER!!!!!


Conclusão


Não existe certo ou errado em relação a franquias de odontologia. Não acreditamos que as franquias de odontologia do Brasil ofereçam os benefícios que elas prometem. Já estudamos o modelo de negócios das maiores redes e existem dezenas de falhas ali. E muitas promessas que não se realizam.


Já atendemos vários ex-franqueados e pasmem, franqueados que não atingem os resultados que as franquias tanto alardeiam.


Por outro lado, existe sim, um perfil de pessoa que se encaixa bem no modelo de franquias de odontologia. Na nossa opinião, aquele profissional recém formado, com nenhuma experiência de mercado, que não queira desenvolver uma marca própria e encurtar o caminho, pagando um preço por isso é candidato sim a franqueado na odontologia.


Se você está considerando abrir uma franquia de odontologia e quer conhecer uma alternativa de uma assessoria para odontologia, entre em contato conosco!



Senior Marketing

Assessoria para odontologia

(11) 3254-7451

atendimento@seniormarketing.com.br