• Admin

A diferença entre reagir e responder as dificuldades que sua clínica esta passando


Faz parte do instinto humano reagir instantaneamente a qualquer ameaça que surja. Isso é verdade no campo pessoal e também profissional.


  Cirurgiões dentistas  não foram e continuam não sendo preparados pelas universidades para gerir adequadamente seus consultórios e clínicas, então costumam reagir as mudanças de mercado e o resultado geralmente é ruim.


A diferença entre reagir e responder as dificuldades da sua clínica


 Uma nova clínica abre na sua cidade ou no seu bairro praticando preços absurdamente baixos. O que você faz? Reage, baixando automaticamente seus preços para equiparar a concorrência.


  Um colega dentista faz um curso de bichectomia e passa a oferecer esse serviço no seu consultório. Como você reage? Faz o mesmo curso e também passa a oferecer o tratamento no seu consultório.


  Você vê um depoimento de um curso online, geralmente comprado por um serviço de assessoria de imprensa, em que um dentista relata como a vida dele mudou completamente depois de fazer o tal curso e como você reage:? Corre para fazer o curso na mesma hora.


  Te falam que você deve ter o famoso combo site + Facebook + Instagram + Google Adwords para divulgar e atrair clientes porque "todo mundo esta na internet" e como você reage? Contrata uma agência de marketing digital que vai fazer a mesma coisa que todos os outros 1000 dentistas da sua cidade esta fazendo.


 O que os exemplos acima tem comum? Um padrão típico do chamado "efeito manada". Você apenas reagiu. Seguiu o fluxo.


 Já responder a uma dificuldade envolve, crítica, pensamento lateral e tomada de decisão. Ah, isso é bem mais difícil, não é verdade? Deve ser por isso que somente 3% das clínicas odontológicas brasileiras são realmente rentáveis. O resto (97%) reage ao mercado, tem quando muito faturamento e acreditam que tem lucro. Vivem uma terapia do auto-engano: faturo, tenho clientes, logo tenho um ótimo negócio, certo? Errado!


Responder a uma dificuldade imposta pelo mercado envolve parar, analisar e pensar sobre causas, planos de ação e consequências.


 Sua clínica não tem um volume de pacientes suficiente? Reagir aqui seria gastar dinheiro em publicidade e propaganda a esmo. Dar tiro no escuro. Colocar anúncio no jornal local, fazer anúncios patrocinados no Google e Facebook.


 Já responder, seria analisar os fatores internos (estrutura física da clínica, serviços oferecidos, tabela de preços, padrão de atendimento, procedimentos clínicos, perfil do público alvo, analisar a concorrência, definir metas, traçar ações táticas, escolher canais de comunicação, executar, medir e voltar lá ao início de novo). Ah, mas início da muito trabalho!! Claro, permanece nos 97% que continua pagando horrores para fazer os cursinhos online dos pseudo-gurus de marketing que te ensinam a reagir ao mercado e não a responder a ele. Daqui um ano conversamos de novo para ver se seus resultados mudaram, ok?


Marketing na odontologia é apenas a parte mais visível de uma processo de resposta as necessidades de mudança constante do mercado.


  Reagir é um processo natural do ser humano que é caótico por sua própria natureza. Ele não é estruturado e por consequência seus resultados são imprevisíveis e quase sempre tem pouca efetividade para mudar ou mesmo resolver os problemas da sua clínica.


  Já dar resposta a um problema ou dificuldade na sua clínica envolve seguir um processo e necessário para isso conhecimento de administração. É uma ciência e se você não sabe precisa contar com a ajuda de uma empresa especializada em marketing e gestão de odontologia.


   Se você acredita que precisa responder adequadamente as dificuldades que o mercado de odontologia tem imposto ao seu consultório ou clínica e para de reagir atacando apenas os sintomas conte com nossa ajuda. Entre em contato e fale com um consultor de marketing para odontologia especializado.


Sênior Marketing

Marketing e gestão para odontologia