• Admin

5 técnicas de marketing odontológico ultrapassadas

Atualizado: 24 de Ago de 2018


O mercado de odontologia atual é sofisticado e competitivo. As pessoas tem muitas opções e aos olhos dos clientes quase todos os dentistas são iguais.


  Quando você planeja sua estratégia de marketing precisa levar em conta o perfil do seu público alvo, definir muito bem o seu posicionamento, sua mensagem e quais os melhores canais para divulgar sua clínica.


 Mais do que nunca o marketing atual tem que ser voltado para as pessoas e suas necessidades. Tentar falar de você, do seu talento, dos seus serviços não vai dar em nada.


Pare de inventar e não caia na besteira de acreditar que gatilhos mentais e páginas de destino com uma oferta que provoque escassez são suficientes para converter os sofisticados usuários da internet atual. Isso pode ter funcionado até alguns anos atrás, mas tem perdido sua efetividade cada vez mais. 


Listamos 5 técnicas de marketing odontológico que estão ultrapassadas e que você deve evitar a todo custo. Vamos lá:


1 - Telemarketing 


Os resultados de telemarketing ativo na odontologia são baixíssimos e na maioria das vezes queima a sua marca. Ninguém mais acredita que foi "sorteado" para aquela oferta "maravilhosa" que ele não pode perder.


2 - Mala Direta


 A famosa cartinha de aniversário, de retorno é totalmente ineficaz. Uma pessoa moradora de uma cidade com mais de 100.00 habitantes é "atingida" por mais de 2.700 estímulos diários de publicidade e propaganda via rádio, televisão, internet, mídia outdoor, etc. Qual a chance da sua mala direta ter algum impacto na vida dessa pessoa? Próximo de zero.


3 - Email


  O famoso SPAM é algo tão detestável que foram criadas leis para controlar o seu uso. Leis que a maioria das clínicas não cumpre. 


 Utilize email somente se for para passar informações uteis para seus clientes, nunca propaganda. Além disso, somente envie email para quem autorizou o recebimento. Comprar listas de emails é tão sem utilidade como uma geladeira no polo norte!


4 - Lista Telefônica


A menos que seu público-alvo tenha 65 anos de idade ou mais, ignore as listas telefônicas – elas já estão ultrapassadas


5 - Depoimentos falsos


  Nada mais falso que aquela lista interminável de elogios "sinceros" na home page do seu site. Ora, quem vai publicar as reclamações? E claro que elas existem. 


  Se quer realmente passar credibilidade publique todos os depoimentos, os bons e os ruins. Se o seu serviço for realmente bom, a quantidade de depoimentos bons vai superar com folga os maus depoimentos. O cliente não é bobo. Ele sabe distinguir quando uma clínica tem qualidade realmente.


Conclusão


O marketing para dentistas deve partir da premissa de que existe um público diferente para cada tipo de clínica. Portanto a mensagem e o meio tem que ser adequados ao público.


  Chega de usar os métodos de 20, 30 anos atrás e reclamar que não esta tendo resultados. Da mesma forma, não adianta mudar o meio, de jornal, por exemplo, para internet e continuar a trabalhar a mensagem da forma errada.


  Marketing odontológico é coisa séria e para profissionais. Conte com uma empresa profissional para assessora-ló. Contrate a consultoria para dentistas da Sênior Marketing e veja resultados reais acontecerem.


Sênior Marketing

Marketing para dentistas